No período de 13 a 17 de março, realizou-se a Feira Pesca & Companhia de Goiânia, com a participação e exposição dos maiores fabricantes e importadores de equipamentos de pesca, camping, náutica, produtos correlatos e operadores de turismo de pesca. Nela foram apresentadas as novas tendências do mercado e novos produtos aos lojistas e pescadores de Goiânia e região.

Numa exemplar ação social, promovida pela organização da feira e organizada pela ANEPE, foram arrecadadas 3,2 toneladas de alimentos (o ingresso era 1 kg de alimento), os quais foram doados ao Ministério Pão e Vida, entidade sem fins lucrativos que ampara e reintegra à sociedade dependentes químicos e moradores de rua em Goiânia.

Além disso, a ANEPE e o MPA (Ministério da Pesca e Aquicultura) fizeram o lançamento oficial do I Torneio Nacional de Pesca Amadora Esportiva MPA-ANEPE, que acontecerá no período de 11 a 15 de setembro de 2013, no Lago de Serra da Mesa – GO. O lançamento contou com a presença do público da feira, empresários do setor e autoridades locais, dentre elas Jose Vandeley Cambuim (ICMbio), Nelson Bueno Barros (Sebrae) e Kelven Lopes (MPA).

Por fim, como resultado direto do envolvimento e participação dos colaboradores, conselheiros e diretores da ANEPE na feira, a associação conquistou novos associados, os quais, reconhecendo o trabalho, representatividade e sucesso dos propósitos e objetivos da associação, passaram a compor os quadros da entidade. São eles: POUSADA GERMANO, HOTEL ECO LAGO VERDE, BASS BOAT e V.F MACKOVICK.

 

É a ANEPE trabalhando em benefício do desenvolvimento do mercado, dos pescadores e do meio-ambiente.

Para maiores informações, acesso: www.anepe.org.br

 

Foi sancionada pelo governador Marconi Perillo nova lei que fixa Cota Zero para o transporte de peixes em Goiás.

 

A nova legislação altera a Lei nº 13.025, de 13 de janeiro de 1997, que dispõe sobre pesca, aquicultura e proteção da fauna aquática, e, de acordo com o deputado Frederico Nascimento (PSD), autor do projeto de Lei, os principais objetivos são a preservar espécies aquáticas e garantir a atividade turística às margens dos rios.

 

Frderico

                                                                      

 

 

 

Temos   que preservar agora para que futuras gerações possam ter contato com essas   espécies de peixes ameaçadas de extinção.Muitos turistas visitam rios como o   Araguaia, por exemplo, para praticar a pesca. A restrição do consumo   localmente vai contribuir para a preservação da fauna aquática e garantir o   fluxo turístico nas cidades ribeirinhas”, explica o Deputado Frederico.

Os principais objetivos do Cota Zero, ainda segundo o Deputado, seriam o de promover a compensação por períodos de elevada pressão de pesca em determinados locais; a elevação e recuperação dos estoques pesqueiros nativos; o incremento do tamanho médio dos peixes; fomento do turismo de pescadores esportivos.

 

“A proposta da Cota Zero é de não permitir que sejam retirados peixes dos locais de pesca delimitados ao esporte, assim não haverá cota para o transporte de peixe, ficando apenas liberado o consumo no próprio local”, acrescenta o parlamentar.

 

A ANEPE participou ativamente da fase precedente à aprovação desse projeto de lei, especialmente em contatos diretos de seu Presidente, Helcio Honda, com o Deputado Frederico e com o Governador do Estado; e em palestra ministrada pelos Diretores Antonio Carlos Ferreira de Araujo e Jairo Shigueo Naca na APA – Meandros do Rio Araguaia, em São Miguel do Araguaia, em 2011, ocasião em que expuseram aos presentes (deputado Frederico, prefeito de São Miguel do Araguaia, vereadores e demais autoridades locais, ribeirinhos, operadores de turismo e colônias de pescadores) o Projeto Cota Zero da ANEPE, cujos fundamentos foram adotados então nesta nova lei.

 

image

 

A ANEPE saúda o Governo do Estado de Goiás; a Assembleia Legislativa daquele Estado; as pessoas que direta ou indiretamente estiveram envolvidas nessa conquista, e, especialmente, o Deputado Frederico, pela coragem na proposição da nova lei.

 

O inexorável progresso econômico, ambiental e social das regiões que vierem a ser escolhidas para o execução do Cota Zero mostrará o sucesso dessa medida.

 

convite lancamento FACE

banner

 

No dia 04 de maio de 2013, ocorre em Porto Nacional- Tocantins, a 4º edição do Torneio de Pesca ao Tucunaré. O Torneio visa divulgar o potencial turístico do Lago da Usina Hidroelétrica Luiz Eduardo Magalhães, desenvolver o Turismo da Pesca na região além de promover a consciência ecológica da população.

A taxa de inscrição antecipada da equipe será no valor de R$ 150,00 (cento e cinquenta reais), mais 03 (três) quilos de alimento não perecível por integrante e deve ser realizada na Âncora Garagem Náutica localizada na Avenida Contorno, nº 222, Setor Vila Nova no município de Porto Nacional (TO) ou pelo telefone 063-3363-3833.

 

A taxa de inscrição da equipe inclui brindes promocionais do evento como camiseta, chapéu, adesivos para as embarcações, etc., além de acesso ao acampamento do evento e café da manhã.

Os alimentos doados serão doados às instituições filantrópicas do Município. Participem !!! Confira o regulamento clicando aqui


 

FPPE DSC06733No dia 26 do mês de fevereiro de 2013, ocorreram reuniões, no 6º Batalhão da Polícia Militar, na Diretoria da Polícia Civil do Deinter – VI- Santos com o intuito de resolver o problema dos assaltos às embarcações e pescadores amadores esportivos no Litoral Sul do Estado de São Paulo, principalmente nas regiões do Rio Cascalho (Cubatão), Dique das Caixetas (São Vicente) e o Rio do Bugre (Santos).

 

A ANEPE já havia enviado ofícios a diversas autoridades solicitando atenção especial em relação à citada região para promover condições de segurança e assegurar melhor fiscalização, prevenção e repressão desses crimes.

 

Estiveram presentes a coordenadora da ANEPE, Tatiana Gagliardi Couto, representando o Comitê da Cadeia Produtiva da Pesca e Aquicultura – COMPESCA/FIESP, o associado ANEPE Elias Carneiro da Cunha e o coordenador Roberto Imai, representando a Federação de Pesca Esportiva, Turística e Ambiental de São Paulo, os senhores Adalberto Francisco de Oliveira Filho e Pedro Henrique dos Santos Pereira, além do Tenente Coronel Comandante Levi Anastácio Félix (Polícia Militar) e o Delegado de Polícia Diretor Aldo Galiano Júnior (Polícia Civil).

FPPE DSC06743

 

Os presentes propuseram uma ação conjunta para coibição de tais atos ilícitos com o Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Ambiental, Federal e Marinha, através de um workshop e divulgação na mídia das ações dos órgãos envolvidos. Além das parcerias já estabelecidas entre as instituições presentes, foram combinadas ações de patrulhamento imediato no local, com apoio de embarcações do GOI- Grupo de Operações Especiais, ações para criação de cursos de capacitação ministrado através da Federação de Pesca Esportiva, Turística e Ambiental de São Paulo para seu efetivo e uma futura reunião envolvendo além das instituições presentes, também o Corpo de Bombeiros, Polícia Ambiental, Federal e Marinha para definição das ações e competências de cada órgão objetivando maior eficiência ao combate desse tipo de crime na região.

Contato

mapahome

Av. Paulista, 475 - 3º andar

Bela Vista - São Paulo /SP

Tel: (11) 2149-0590 / 2149-0565

JoomShaper